Redação Redação - 28 de julho de 2022
Foto Policia Federal
© Rovena Rosa/Agência Brasil

Hoje (28) a Polícia Federal deflagrou uma operação para reprimir os crimes contra o Sistema Financeiro Nacional (SFN) que resultam em operações de câmbio ilegais e evasão de divisas. Os alvos foram oito pessoas físicas e quatro jurídicas.

As investigações que resultaram na Operação Dollaro Bucato II começaram depois de informações obtidas após cumprimento de mandados judiciais pela PF em 2019 e 2021, na Operação Dollaro Bucato I.

Na manhã de hoje foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão: um em Campinas (SP), seis em São Paulo, um em Santo André (SP), um em Itapira (SP) e três em Goiânia.

A partir da análise de documentos e dispositivos eletrônicos foi possível constatar milhares de operações financeiras efetivadas por pessoas físicas e jurídicas direcionadas a remessas não autorizadas de capital para o exterior, principalmente para o continente asiático.

“As operações envolviam movimentação de moeda no estrangeiro por meio do processo conhecido como dólar-cabo, além de câmbio de moeda em território nacional, uso de empresas de fachada, operações de importações fictícias e direcionamento de capital para empresa que comercializa criptoativos”, disse a PF.

As movimentações atípicas foram percebidas em diversas regiões do país. O montante movimentado superou R$ 1 bilhão, em dois anos. Pelo menos R$ 230 milhões passaram por contas de pessoas jurídicas que aparentam ser de fachada, por não terem atividade operacional e com capital social incompatível com os valores movimentados.

A PF acredita que os valores movimentados para o exterior sejam provenientes de pirâmides financeiras, descaminho, contrabando e tráfico de drogas.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar


Deixe um comentário

Para fazer um comentário você precisa criar uma conta. Clique aqui para ir para a página de login.

Usamos cookies para melhorar a experiência do usuário e analisar o tráfego do site. Leia sobre como usamos cookies e como você pode controlá-los clicando em "Política de privacidade".

Concordo

Política de privacidade

Quando você visita qualquer site, ele pode armazenar ou recuperar informações através do seu navegador, geralmente na forma de cookies. Como respeitamos seu direito à privacidade, você pode optar por não permitir a coleta de dados de determinados tipos de serviços. No entanto, não permitir esses serviços pode afetar sua experiência.